Principais noticias 13/10/2021

Ibovespa opera em alta na volta do feriado; investidores assimilam dado de inflação nos EUA



Dose extra de volatilidade é esperada com vencimento sobre opções do índice; inflação nos EUA fica acima do esperado, mas núcleo em linha


O Ibovespa abriu os negócios desta quarta-feira pós-feriado em alta, enquanto os investidores ainda assimilam os últimos dados sobre inflação nos Estados Unidos. Por lá, o principal indicador do dia é o Índice de Preços ao Consumidor (CPI), que veio um pouco acima do esperado pelos economistas.


O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos informou que o CPI subiu 0,4% no mês passado. O indicador veio acima da estimativa dos economistas consultados pela Reuters, que projetavam crescimento de 0,3%. Na base anual, os preços subiram 5,4%, ante estimativa de alta de 5,3%. Resta saber como o Fed vai ler o dado e de que forma isso deve impactar na decisão de retirar estímulos à economia americana.


“O fator que se destaca é a alta um pouco mais significativa dos preços de alimentos e energia. Outros itens, como carros usados e transportes, vieram em linha com a expectativa. Isso não muda, porém, a expectativa do nosso time sobre o processo de tapering [retirada de estímulos]. Esperamos que ele seja anunciado na próxima reunião de novembro e a redução de compras de títulos comece efetivamente em dezembro”, afirma Jennie Li, estrategista de ações da XP.


Também está prevista para hoje, no período da tarde, a divulgação da ata da última reunião do Federal Open Market Committee (Fomc), o Copom do Fed.


Aqui no Brasil, é dia de vencimento de opções sobre Ibovespa, o que promete trazer bastante oscilação para o principal índice de ações do mercado acionário brasileiro. Na última segunda-feira, a Bolsa teve mais uma sessão de baixa, acompanhando o exterior.

Temores sobre a inflação global continuam pautando o mercado, ainda que hoje os preços de commodities e combustíveis tenham começado o dia em queda. Os investidores também estão atentos a safra de resultados referentes ao terceiro trimestre e que já começou nos Estados Unidos.


Às 10h18, horário de Brasília, o Ibovespa operava em alta de 0,41% a 112.642 pontos.

O dólar comercial opera próximo da estabilidade, com ligeira alta de 0,04%, a R$ 5,539 na compra e R$ 5,539 na venda. O dólar futuro com vencimento em novembro de 2021 tinha uma ligeira queda de 0,06% R$ 5,551.


No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2023 avança dois pontos-base, a 9,09%; DI para janeiro de 2025 recua dois pontos-base a 10,06%; e o DI para janeiro de 2027 registrava variação negativa de dois pontos-base a 10,49%.


Além do vencimento de opções sobre o Ibovespa, também vence hoje o índice futuro com vencimento em outubro e na sexta-feira é dia de vencimento de opções sobre ações.


“Isso sempre traz volatilidade adicional”, afirmou Henrique Esteter, especialista em ações do InfoMoney, durante o Infomorning desta quarta-feira.


Nos Estados Unidos, foi aprovada na Câmara a proposta de elevação do teto de gastos públicos, que agora precisa passar pela sanção do presidente Joe Biden. A medida afasta temporariamente o risco de default (calote) e de interrupção das atividades no Congresso (shutdown).


Os próximos dias devem ser marcados também pela divulgação de resultados de grandes bancos americanos, relativos ao terceiro trimestre. O JPMorgan registrou lucro líquido de US$ 11,7 bilhões no terceiro trimestre de 2021, um aumento de 24% em relação ao ganho de US$ 9,4 bilhões apurado em igual período de 2020. Em termos ajustados, o banco americano obteve lucro por ação de US$ 3,74 nos três meses encerrados em setembro, o que superou a previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 3 por papel.


Ainda nesta semana, Goldman Sachs, Bank of America, Morgan Stanley, Wells Fargo e Citigroup divulgam seus números.


Os índices futuros americanos em Nova York, que avançavam mais cedo, inverteram sinal após o dado de inflação. O Dow Jones Futuro recuava 0,12%; o S&P 500 futuro caía 0,05% e o Nasdaq Futuro reduzia ganhos, mas se mantinha alta, de 0,18%.



Os preços do petróleo recuam, mas seguem no patamar dos US$ 80. O Brent negociado para dezembro de 2021 tinha queda de 0,8%, a US$ 82,75 o barril. O WTI, para novembro de 2021, recuava 0,77% a US$ 80,02 o barril.


O minério de ferro ampliou as perdas com a percepção de que o recente aumento da demanda de siderúrgicas não será sustentado devido às medidas da China para limitar a produção de aço até o próximo ano.


A maioria das Bolsas europeias também opera em alta. O Stoxx 600, que reúne empresas de 17 países europeus em setores-chave, avançava 0,43%. A Bolsa de Londres (FTSE100) tinha ligeira queda de 0,01% e a de Frankfurt (DAX) avançava 0,64%.

Na China, a balança comercial de setembro surpreendeu, com superávit comercial de US$ 66,76 bilhões em setembro, contra expectativa na pesquisa de US$ 46,8 bilhões e excedente de US$ 58,34 bilhões em agosto.


O crescimento das exportações do país acelerou inesperadamente em setembro, uma vez que a demanda ainda sólida compensou parte da pressão sobre as fábricas com a escassez de energia, gargalos de oferta e o ressurgimento de casos domésticos de Covid-19.


As exportações